Data de postagem: 30/09/2017 10:17:48

Autoridade

Em Lucas 10.17-20 Jesus esclarece que a fonte de autoridade dos discípulos não esta no mero falar em nome de Jesus, e sim no relacionamento deles com Ele.

Não existe uma fórmula mágica de palavras. É necessário um relacionamento íntimo com Deus. O relacionamento é a fonte de autoridade.

Há uma história dramática a respeito desse conceito em Atos 19.13-16
Os sete filhos de Ceva decidiram usar o 'método' de Paulo, sem ter o relacionamento que Paulo tinha com Jesus. Usaram as palavras certas; mas seu relacionamento estava errado! E sofreram as consequências!

Nossa coragem e nossa intrepidez não são resultado da nossa capacidade ou da nossa força. São resultado do nosso relacionamento! Não precisamos ser fortes. Temos um Deus forte!

Em I Coríntios 1.25-30 vemos que Deus escolhe o que o mundo considera pequeno, pobre e louco para envergonhar aquilo que o mundo considera grande, rico, sábio.

Uma coisa é verdade: é possível termos um grande nome na terra e sermos desconhecidos no céu. Os títulos e poderes terrenos duram um momento infinitamente pequeno quando comparados com a eternidade.

Deus escolheu o jovem Davi para lutar contra o grande guerreiro Golias (I Samuel 17).
Vejam as palavras de Saul: "Contra o filisteu não poderás ir para pelejar com ele; pois tu és ainda moço, e ele guerreiro desde a sua mocidade".

Vejam as palavras de Davi, já diante de Golias: "Tu vens contra mim com espada, e com lança e com escudo; eu, porém, vou contra ti em nome do Senhor..." (17.45).

Que no nosso relacionamento íntimo com o nosso Senhor possamos ser fortalecidos para enfrentar os desafios do dia-a-dia.

Bispo João Carlos

 voltar ao topo
Direitos Reservados
Igreja Metodista - Sexta Região Eclesiástica