Data de postagem: 28/10/2016 20:33:47

Um Alvo Digno

"Pelo que também nos esforçamos para ser-lhe agradáveis..." (II Coríntios 5.9).
"Andai como filhos da luz (...) provando o que é agradável ao Senhor" (Efésios 5.8 e 10).

Certamente o alvo final de todo/a discípulo/a de Jesus é terminar bem e ouvir: "muito bem servo bom e fiel (... )". Porém, durante toda a vida deveríamos ter um alvo constante de agradar ao Senhor em tudo o que fazemos. No dizer do Apóstolo Paulo: "nos esforçarmos para ser-lhe agradáveis".

O rei Davi fez uma oração pedindo ajuda para que ele fosse sempre agradável ao Senhor: "Que as palavras dos meus lábios e o meditar do meu coração sejam agradáveis perante a tua face, ó Senhor, Rocha minha e Redentor meu" (Salmos 19.14).

A revelação escrita de Deus sobre o que o agrada é imutável. Porém, novos desafios estão sempre diante de nós e necessitamos de discernimento para decidirmos como agir em situações específicas.

Steven Cole (pastor norte americano) falando sobre o que agrada ao Senhor diz o seguinte: "Não determinamos o que agrada ao Senhor pelos nossos sentimentos ou pelo que outras pessoas (mesmo que sejam cristãs) dizem ou pensam. Também não determinamos o que agrada ao Senhor pela nossa própria consciência. Pelo contrário, aprendemos o que agrada ao Senhor através da crescente compreensão e entendimento da sua palavra". Cole continua dizendo que, firmados/as no crescente conhecimento da palavra de Deus, devemos avaliar todas as coisas a partir da seguinte questão: "Isso agrada ao Senhor, que me amou e deu-se a si mesmo por mim?".

Esse é um tremendo desafio para todos nós, visto que vivemos em um mundo hedonista onde "faça o que te faz sentir bem" tem sido uma regra propagada por todos os meios de comunicação.

Seja o seu alvo e o meu alvo AGRADAR AO SENHOR em tudo o que fizermos; dissermos ou pensarmos.

Bispo João Carlos


 voltar ao topo
Direitos Reservados
Igreja Metodista - Sexta Região Eclesiástica