Data de postagem: 26/06/2015 20:59:21

Conhecedores dos tempos

"...dos filhos de Issacar, duzentos de seus chefes, entendidos na ciência dos tempos para saberem o que Israel devia fazer..."

Quando Davi tornou-se rei de Israel, após a morte de Saul, cada tribo enviou-lhe guerreiros (de milhares deles) para ajudar Davi a consolidar seu reinado em Israel.
I Crônicas 12 faz uma lista desses guerreiros, algumas vezes mencionando sua valentia.
Quando chega à tribo de Issacar, a referencia aos homens enviados dessa tribo é bastante diferente: "...dos filhos de Issacar, duzentos de seus chefes, entendidos na ciência dos tempos para saberem o que Israel devia fazer...".

Davi precisava daquele tipo de homens durante aquele momento crucial de mudança na história de Israel. Os homens da tribo de Issacar, com seu discernimento, garantiriam que Davi não falharia na tarefa de integrar o reino de Israel sob o seu reinado.

Através da história, Deus nunca deixa seu povo sem homens e mulheres ?entendidos na ciência dos tempos? para orienta-lo.

Apenas para citar alguns exemplos, pensemos em Moisés sobre o qual Lucas (autor do livro de Atos dos Apóstolos) diz que era ?instruído em toda a ciência dos egípcios; e era poderoso em suas palavras e obras? Atos 7.22.
Pensemos também em Josué sobre o qual Moisés colocou suas mãos declarando-o seu sucessor porque Josué era ?um homem em quem há o Espírito?. Números 27.18.

Interessante que depois da morte de Josué, uma nova geração cresceu que "não conhecia ao Senhor, nem tampouco a obra que ele fizera a Israel" Juízes 2.10. E porque não conheciam ao Senhor, nenhum deles era como os homens da tribo de Issacar que conheciam os tempos e sabiam o que Israel deveria fazer.
O resultado foi um ciclo infindável de pecado, derrota, choro e arrependimento. E Deus enviou os Juízes, para ajudar o povo a entender a sua vontade.

Seja através de Moisés, Josué, os homens de Issacar, os Juízes ou os profetas, Deus sempre providenciou homens e mulheres com discernimento e sabedoria para dirigir seu povo no caminho certo.

Hoje, quando vivemos em um tempo repleto de tensões e contradições, Deus continua fazendo isso, em especial através de pastores/as e líderes. Assim, inspirados pelo Espírito Santo, nós, pastores/as e líderes, precisamos reconhecer nossa responsabilidade de discernir, no nosso tempo, como a Igreja, o povo de Deus, deve agir para ser testemunha para essa geração.

"E vos darei pastores segundo o meu coração, que vos guiarão com conhecimento e discernimento" Jeremias 3.15

Bispo João Carlos

 voltar ao topo
Direitos Reservados
Igreja Metodista - Sexta Região Eclesiástica