Data de postagem: 29/06/2014 12:08:17

Alvoroçando o mundo

Estes que têm alvoroçado o mundo chegaram também aqui” (Atos 17.6)

O verso acima mostra uma expressão forte usada pelos Judeus para demonstrar sua percepção do impacto poderoso que a igreja primitiva estava causando na sociedade daqueles dias. Nesse caso estavam se referindo especificamente ao ministério do apóstolo Paulo e das pessoas que viajavam com ele.

Aparentemente a reputação do grupo do apóstolo Paulo havia chegado a Tessalônica antes mesmo de o grupo chegar à cidade. A mensagem que eles pregavam era tão transformadora que as pessoas diziam que eles estavam “alvoroçando o mundo”.
O termo grego usado aqui é “anastatosanten” que significa “transtornar”; “perturbar”; “virar de cabeça para baixo”.
O fato é que em qualquer lugar que a verdadeira mensagem de Jesus Cristo chega, ela tem um impacto transformador. Esse impacto deve ser visto na vida de indivíduos, famílias e comunidades.
É importante entender que o mundo pode ver essa transformação como algo que vira as coisas “de cabeça para baixo”. Mas de acordo com o propósito da criação de Deus, essa transformação, de fato, coloca as coisas “de cabeça para cima”.
Essa é a mensagem de Deus através do próprio apóstolo Paulo em Romanos 12.2: “E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso entendimento”.
Esse é o verdadeiro propósito de qualquer discípulo(a) de Jesus Cristo: deixar-se ser transformado pelo poder da palavra de Deus; e deixar-se ser usado(a) por Deus, como instrumento de transformação, onde estiver, para que o propósito da criação de Deus seja re-estabelecido.
Esse é o desafio continuo para cada discípulo(a); cada Campo Missionário e cada Igreja.
Nosso ministério deve ser avaliado a partir da resposta a esse desafio.
Bispo João Carlos

 voltar ao topo
Direitos Reservados
Igreja Metodista - Sexta Região Eclesiástica