Data de postagem: 02/10/2014
Fonte: www.metodista.com

Distritos Fazem Missão no Paraguai

Distritos Fazem Missão no Paraguai
No período de 19 a 28 de setembro, liderados pelo pastor Carlos Cesar Pereira, 42 metodistas de igrejas dos distritos Norte Pioneiro II e Noroeste estiveram em Ñamby, (Grande Assunção) Paraguai, para um compromisso missionário. Saindo de Cornélio Procópio e Maringá, os missionários entraram no Paraguai por Salto del Guaíra. A primeira impressão foi de uma área agrícola, de grande produtividade. A chegada, no instituto bíblico (centro de hospedagem) sob a responsabilidade do pastor Germano, foi a noite..

"No dia seguinte fomos confrontados com a realidade: uma população muito receptiva, mas de grandes necessidades física e espiritual. Em todos os momentos, os missionários foram acompanhados pelo irmão Davi, metodista, advogado, de grande simpatia que foi interlocutor com a cultura e interprete dos pregadores", conta o pastor Cláudio Freire. "N segunda-feira, em grupos de três, percorremos as ruas próximas do instituto bíblico, onde também seria inaugurado um novo templo. A visita tornou-se mais impactante quando o bispo Pedro Magalhães apresentou a realidade do país e da igreja paraguaia: igreja jovem, com grandes desafios diante de uma sociedade com grande abismo na distribuição de renda". Os evangélicos representam aproximadamente 6 % da população. O bispo lembrou que a igreja do Paraguai é filha do Brasil, da Sexta Região.

Na terça-feira, os seis pastores participantes acompanharam o bispo Pedro que apresentou problemas e desafios da igreja. O destaque foi para escola mantida pela igreja que tem aproximadamente 700 alunos apresentando um dos melhores níveis de ensino na cidade.

As tardes eram ocupadas com o trabalho para as crianças, com pregação da palavra de maneira lúdica. As noites eram usadas para visitas às igrejas, onde era encontrado povo avivado de alegria contagiante. Os pastores, na maioria, dividem seu ministério com o trabalho secular; praticamente não existe pastores de tempo integral. Na área social, numa das visitas a tarde, um grupo encontrou uma casa onde as condições de moradia eram sub-humanas. Com os corações movidos, reformaram uma parte da casa e fizeram a limpeza do ambiente.

A sexta-feira foi dedicada às crianças, com teatro, gincanas e outras atividades. No ultimo dia, os responsáveis pelo trabalho infantil ministraram oficina na igreja da cidade de São Vicente para um grupo de mulheres de diversas igrejas. A "Marcia e sua tchurma" ministrou a arte de fantoches. À noite foi realizado culto de encerramento. O ambiente era festivo e de muita espiritualidade; o bispo Pedro Magalhães esteve presente. e a pregação foi pelo pastor local Germano, sobre a aparabolado do filho prodigo na língua guarani. Em seguida o bispo conduziu os missionários até o local do futuro templo para oração e unção das portas do local. O retorno dos missionários metodistas brasileiros ocorreu na manha de domingo (28 de setembro).

Confira outras imagens:


 voltar ao topo
Direitos Reservados
Igreja Metodista - Sexta Região Eclesiástica