Data de postagem: 13/08/2020
Fonte: www.metodista.com

Projeto Cuidar ganha força entre participantes

O Projeto Cuidar - Esposas Mentoreando Esposas - já está dando seus frutos. Em desenvolvimento na Sexta Região Eclesiástica desde 2019, o projeto piloto teve início com as esposas dos Secretários Distritais e agora abrange grupos pequenos integrados pelas esposas dos pastores da Região.

O Projeto Cuidar surgiu com o objetivo de dedicar às esposas de pastores um olhar especial de interesse e preocupação, para que estejam bem e se sintam amadas e apoiadas, hoje, passados alguns meses, onde em todos os distritos da Sexta Região estão acontecendo os grupos. "Vejo que as esposas sentem que há um olhar de cuidado com dedicação de interesse e preocupação em seu bem-estar, e que dessa forma estão crescendo como Mulheres, esposas e servas de Deus", afirma Vânia Sakyama coordenadora do Ministério Grace Smith e responsável pelo Projeto Cuidar na Sexta Região.

Ilaene Schüler, coordenadora nacional do Ministério Mulheres Mentoras, durante reunião virtual realizada no mês de julho, com as esposas dos Secretários Distritais, carinhosamente chamadas de 'Sdeias', ressaltou a importância do cuidado mútuo que promove crescimento intencional que é o objetivo do Projeto Cuidar.

"A referência da palavra de Deus que deve nos confrontar e gerar a convicção da mudança. O Projeto Cuidar precisa ser visto não só como um espaço interativo, onde me relaciono, mas onde posso compartilhar minhas fraquezas e deixar o Espírito Santo transformar as áreas necessárias", afirma Ilaene. Ela explica que o cuidado vivenciado nos grupos do Projeto Cuidar é baseado em três elementos essenciais do Discipulado: Palavra de Deus, Vulnerabilidade e Responsabilidade Mútua. "Ter um ambiente de graça, onde me sinto aceita, acolhida e confiante para compartilhar, dividir as dificuldades. Preciso ser submissa, ensinável e me colocar em submissão por amor. Só vou experimentar o amor, quando aceitar ser cuidada. Nosso relacionamento precisa ser intencional e só irei conseguir levar outras pessoas a viver esse crescimento se eu passar por isso. Discipulado é investir na vida do outro. É um relacionamento de compromisso que gera crescimento", enfatiza.
A caminhada do Projeto tem gerado ganhos e resultados positivos na vida das participantes

"O projeto Cuidar têm nos permitido abrir o coração e sentir o carinho, o aconchego sem censuras. É onde podemos compartilhar dores, alegrias, e orar umas pelas outras", define a líder facilitadora de um dos grupos Priscilla, da Igreja Metodista Norte da Ilha. Para Geruza Rocha, da Igreja Metodista em Fazenda Rio Grande, o Projeto tem sido um tempo de refrigério: "Para mim é como um bálsamo em Gileade, um tempo de refrigério para a minha alma!", define Geruza. E a líder facilitadora Sandra (Paranaguá) complementa: "Realmente tem sido um tempo muito abençoado onde estamos podendo abrir os nossos corações, trocar experiências e crescermos juntas", relata.

A construção da aliança no grupo, a liberdade em falar das necessidades pessoais e a unidade das participantes e a confiança no agir de Deus também têm sido pontos em comum relatado pelas demais esposas de pastores da Sexta Região.

Texto e fotos: Kalinka Marrafon.

Confira outras imagens:


 voltar ao topo
Direitos Reservados
Igreja Metodista - Sexta Região Eclesiástica