Data de postagem: 13/02/2019
Fonte: www.metodista.com

Julho para Jesus 2019: Conscientização/Desafios

Uma equipe da coordenação do Projeto Missionário Regional esteve na cidade que receberá a 22ª edição do 'Julho para Jesus'. A coordenadora geral Esther Lopes, junto com a secretária Lucimara Silva Lopes e Rodrigo Martins de Campos - representante da coordenação - foram a Rio Bonito do Iguaçu, no sudoeste do Paraná, nos dias 8 e 9 de fevereiro para uma reunião de conscientização e desafios. A comissão foi recepcionada pelo pastor Lucas (Sheila) Bissoqui e os filhos Ana Sofia e Matias. Naquela tarde de sexta-feira visitaram o Ginásio de Esportes e a parte externa da Escola - Centro Estudantil Rio Bonito (CERBI).

A noite o pastor Lucas apresentou a equipe para um grupo da igreja local (21 irmãos e irmãs). Houve momento devocional (louvor e mensagem) com reflexão conduzida por Esther Lopes que também apresentou a história do Projeto Julho para Jesus. A coordenadora disse que "foi possível, neste primeiro dia, perceber como os participantes ficaram contagiados com o desafio missionário; nenhum deles conhecia o Julho para Jesus", emocionou-se.

Na manhã do sábado, começando com o cântico 'Os que confiam no Senhor' a devocional com meditação do pastor Lucas que conclui com a ênfase: "O Reino de Deus é um lugar onde todos nós podemos participar", declarou em forma de desafio. Esther Lopes falou sobre o tema do ano: "Discípulas e Discípulos nos Caminhos da Missão Cuidam do Meio Ambiente". Apresentou a estrutura do projeto detalhando cada Área de Atuação enfatizando que o objetivo de todas é a EVANGELIZAÇÃO.

Por várias vezes a coordenadora geral lembrou que 'Julho para Jesus' não é somente um evento, é Projeto que envolve a Igreja: antes, durante e depois! "O antes é a preparação (sonhos, expectativas, ansiedade, inscrições, etc.). O durante é uma grande festa cansativa e entusiasmante (receber em média 250 missionários e missionárias, fazer novas amizades, visitar ...) e o depois é a ação da Igreja Local, dando continuidade às visitações, discipulado. Enfim, acompanhando e cuidando da plantação para a Colheita", orientou entusiasmada.

Rio Bonito do Iguaçu tem 13.500 habitantes segundo estimativa do último senso do IBGE (3 mil na Zona Urbana e 10 a 11 mil nos Assentamentos e Acampamentos e nas várias Comunidades Rurais). A equipe fez as orientações necessárias bem como as providências a serem tomadas pela igreja local e a reunião de coordenadores (programação) agendada para os dias 29 de março em Londrina.

Os participantes da equipe que esteve em Rio Bonito do Iguaçu no último final de semana se manifestaram entusiasmados: "Compartilhamos com os irmãos/as o que Deus tem feito através do JpJ nesses anos. Todos ficaram admirados pela extensão do trabalho feito. No começo assustou um pouco, mas o susto logo foi substituído pelo privilégio em servir, e em poder participar de tão maravilhosa obra. A igreja foi desafiada e alegremente motivados a participar. Grandes coisas Deus tem para a igreja e a cidade em Rio Bonito do Iguaçu e também nós missionários, nos dias 14 a 20 de julho de 2019", comemoram Esther, Rodrigo e Lucimara.

Confira outras imagens:


 voltar ao topo
Direitos Reservados
Igreja Metodista - Sexta Região Eclesiástica