Data de postagem: 14/03/2014
Fonte: www.metodista.com

Região implanta projeto GILEADE


Entre as várias ações de implantação do projeto foi estabelecido um programa de treinamento para todas as igrejas da Região, dividas em três grupos de trabalho, com reuniões nos dias 08, 09, 15, 16, 22 e 23 de fevereiro, na sede da DB1 em Maringá; os participantes ficaram hospedados nas dependências do CEMETRE, fazendo as refeições na IMC de Maringá. O programa de implantação dos sistemas (ERP e GILEADE) ficou sob a coordenação de Eni Domingues (Maringá) com apoio integral da Sede Regional, através da Gerente Administrativa (Haid).

O Coordenador do projeto explica: “Em uma conjuntura globalizada, que obriga das organiza-ções, qualquer que seja o seu segmento, tomada de decisões com rapidez e, ao mesmo tempo, que atenda às diretrizes governamentais, notadamente as de cunho fiscal e trabalhista, a COREAM percebeu que seria necessária à utilização de ferramenta que pudesse atingir essas necessidades”. Eni continua: “A partir dai, passou a uma série de estudos e consultas, visando identificar um sistema de gerenciamento compatível com essas premissas e que permitisse uma gestão profissional de todas as rotinas de administração de pessoas, financeiro e contábil, culminando com a contratação da empresa DB1 Informática e de uma de seu start up (empresa coligada), fornecedora de um sistema de gerenciamento financeiro e contábil que será utilizado pela Sede Regional (ERP) e de um sistema de gerenciamento (GILEADE) pelas igrejas locais, que se integram, permitindo o atingir objetivos traçados pela COREAM”, orienta.

O programa de treinamento inicial contemplou os módulos de gerenciamento de pessoas e gerenciamento financeiro, atingindo 100% das igrejas da Região.

O Coordenador de implantação do projeto Gileade, Eni Domingues, lembro que “ainda há várias fases a serem cumpridas até a concretização do projeto que, segundo a avaliação da-queles que serão os usuários e que já tiveram contato com o mesmo: é uma ferramenta extraordinária de gerenciamento que otimizará muitíssimo as rotinas de administração das igrejas locais”.

Rogério Soares Böhm e Luiz Antonio de Lima, da Tesouraria da Igreja Metodista Central de Foz do Iguaçu, testemunharam: “Ao fazermos os lançamentos de janeiro e fevereiro, percebemos que o aplicativo é de fácil navegação, ótima interação e integração entre as abas de acesso - facilitando cadastros, lançamentos, conciliações, emissão de relatórios - entre outras funções. Além disso, os relatórios são de fácil interpretação e agradável apresentação. Como temos a disponibilidade de instalar o aplicativo em qualquer equipamento, a partir dos cultos de março verificamos a funcionalidade na conferência dos dízimos e ofertas alçadas, com o lançamento direto no sistema, já gerando o somatório dos recebimentos, além dos registros efetivados e atualizados. Há que se ressaltar ainda, os benefícios indiretos que o novo sistema está trazendo, em razão da maior transparência, gerando assim a correção de situações diversas, ajustes de pagamentos, mudança de cultura e maior controle das operações e, sobretudo, a possibilidade de controle de pontos missionários e dos próprios ministérios dentro do mesmo sistema, ou seja, integrando toda a gestão de recursos. Destaca-se ainda o fato do sistema ser web, com aumento da confiança e segurança dos dados, sem a preocupação de rotinas de back-up, segurança de rede, entre outras. Cumprimentamos a Sede pela ousadia na implantação”, valorizam.

 voltar ao topo
Direitos Reservados
Igreja Metodista - Sexta Região Eclesiástica