Data de postagem: 24/11/2014
Fonte: www.metodista.com

Retiro Anual do Colégio Episcopal no Paraná

O Colégio Episcopal da Igreja Metodista esteve reunido em retiro anual nas dependências do Sesc Caiobá, em Matinhos/PR (6ª Região), de 18 a 21 de novembro. O encontro teve a participação dos conjugues juntamentamente com a Secretária para a Vida e Missão da Igreja, reverenda Joana D'Arc Meireles.

Fazendo o acolhimento pela 6ª RE, além do bispo João Carlos e esposa, participaram os pastores Israel com sua esposa Vanessa, o pastor Ronaldo com sua esposa Danira, o pastor Ismael e sua esposa Lóide. O Retiro iniciou as 20h do dia 18 com uma devocional dirigida pelo Bispo Presidente, que meditou no Salmo 143. 8-10: ?Pela manhã faz-me ouvir a tua graça, sobre o amor de Deus e sobre fazer a Sua vontade". Na mesma noite o Colégio Episcopal teve sua primeira reunião, encaminhando vários assuntos que estão sobre a mesa, enquanto as esposa se reuniram fazendo uma pauta de temas que elas desejam trabalhar neste retiro.

Na quarta e na quinta-feira (19 e 20), o dia se encerrou com uma devocional dirigida pelas esposas, da qual participaram todos os presentes. Nos mesmos dias a devocional da manhã foi dirigida pelos pastores da 6ª RE, sendo que no primeiro dia a palavra foi do Pastor Ismael e no segundo o Pastor Ronal. Em todas as devocionais a irmã Loide dirigiu os cânticos, com seu violão e voz.

Nas manhãs de quarta e quinta, das 09h30 às 10h45 os bispos e esposas foram ministrados pelo Rev. Juarez Marcondes Filho, Secretário Geral da Igreja Presbiteriana do Brasil e pastor da Igreja Central de Curitiba, uma Igreja que mantém 50 missionários em diferentes lugares do país e do exterior. No primeiro dia centrou sua palavra no texto de Luca 5.17-26, destacando que nele Jesus está ensinando o evangelho, possivelmente em sua própria casa, ensino que abre as portas para uma cura. O Pastor Juarez pastoreia uma Igreja que tem 20 classes de Escola Dominical, pois o evangelho precisa ser ensinado. No ensino daquele dia Jesus ensina que o perdão dos pecados é o que muda radicalmente a vida do paralítico, que de uma pessoa passiva e dependente, se torna um agente da missão. Disse que isto é evangelho integral, onde não dicotomia entre ensino e cura, entre ensino e perdão dos pecados. No segundo dia o Pastor Juarez abordou o tema liderança, fazendo um estudo bíblico baseado em 3 Joao. Trabalha as carcteristicas de um líder cristão, que é um líder espiritual, reconhecido por sua profunda intimidade com Deus.

Acolhimento - O Colégio Episcopal recebeu o Reitor da Faculdade de Teologia, Rev. Paulo Roberto Garcia, tratando da grande responsabilidade que esta instituição tem na capacitação dos pastores e pastoras da Igreja Metodista, bem como de suas lideranças leigas. Tratou do quadro de professores e o processo de renovação deste quadro que deverá ter continuidade neste final de ano. O Colégio Episcopal reafirmou que seu proposito é sempre ter na docência da Faculdade de Teologia pastores e pastoras das Regiões com sólida formação teológica e reconhecido exercício do pastorado. Alguns dos bons professores atuais devem ser substituídos em cada final de ano por outros bons professores ou professoras. Foi refletido sobre áreas carentes no quadro de professores de hoje, e que precisam ser cobertas.

Os bispos receberam o Secretário Executivo do 20º Concilio Geral, Rev. Jonadab Almeida. Tratou dos temas que precisam ser trabalhados em preparação do Concilio Geral. Destaca-se: Rol de Membros do Concilio Geral, Orçamento, Avaliação Nacional, Cronograma de atividades, Escolha de uma coordenadora para a mobilização de oração pelo Concílio Geral.

Agenda - Marcou as datas das reuniões do Colégio Episcopal em 2015: 18 a 20/3, 23 a 26/65, 6 a 8/10 e 8 a 11/12.
Recebeu a mesa da Comissão Geral de Constituição de Justiça para buscar entendimento adequado de nossa legislação, e estabelecer processos para correção do que não está bom na legislação da Igreja. O Colégio Episcopal busca saber os cuidados que precisa tomar na gestão da Igreja, e recebe orientações da CGCJ. Nas tardes do Retiro os bispos e suas esposas, bem como os assessores utilizam os recursos do SESC para lazer, para brincadeira, diálogos, aprofundamento da comunhão.

Ausências - O bispo Luiz Vergilio e a bispa Marisa estão doentes, pelo que justificaram sua ausência no Retiro. Ambos estavam de malas prontas para o retiro, mas pegaram uma virose e tiveram que ir para a cama, em vez de para o avião.

Fonte: site nacional (www.metodista.org.br)

 voltar ao topo
Direitos Reservados
Igreja Metodista - Sexta Região Eclesiástica